Como gerenciar um time de marketing e atingir grandes resultados
Marketing

Como gerenciar um time de marketing e atingir grandes resultados

A gestão de um time de marketing, apesar do que muita gente pensa, é bem parecida com a de um time comercial em vários sentidos.

Apesar das atividades e características dos membros de cada um desses times serem totalmente diferentes, a gestão de qualquer empresa, quando falamos em vendas e marketing passam por alguns pontos essenciais:

Pensando nisso e fazendo uma analogia com o próprio SEO, um bom time de marketing precisa que o seu gestor ou o CMO (Chief Marketing Officer), se você preferir, analise e otimize cada uma de suas características, além de saber qual tarefa dar para cada um de seus membros, para que a sua empresa suba nos rankings do mercado. 🙂

Mas como fazer com que isso aconteça? Fique atento às dicas abaixo para entender como chegar no topo do ranking de empresas que mandam ver em marketing.

Defina e divulgue os objetivos

Uma das piores coisas que existem nesse mundo é fazer algo sem que se entenda o propósito, não é mesmo?

Por isso, um bom gestor de marketing precisa entender, juntamente com outros membros da gerência da empresa, quais são as suas dificuldades, expectativas e planos para o futuro.

Só assim ele será capaz de entender qual será a função do marketing naquele período (é claro que o marketing possui muitas funções que não podem deixar de existir, mas definir um foco sempre foi a melhor maneira de priorizar esforços) e também fazer com que isso fique claro para o seu time.

Portanto, essa deve ser a primeira atividade de qualquer gestor de marketing: definir onde preciso chegar e o que eu preciso para alcançar tais objetivos. Alguns exemplos:

  • Aumentar tráfego orgânico? Produzir mais textos focados em SEO pode ser uma boa, além de co-marketing, por exemplo.
  • Converter mais leads para a base? Produzir materiais que precisam ser baixados, como ebooks, etc., pode ser uma boa nesse caso.
  • Lançar um novo produto? Investir em uma estratégia de conteúdo para a base utilizando um modelo de referral e pensar em uma estratégia de anúncio pago pode ser um caminho para o BOOM inicial.

E não se esqueça: deixe isso claro para todo o time!!!

Conheça o seu time e explore o seu potencial

Conhecer os membros do seu time é essencial para que você saiba quando e como alocar cada um para uma determinada atividade.

Pense em um técnico de futebol. Pensou? Ele precisa entender quais são as qualidades e as fraquezas de cada um dos jogadores do time para então criar uma estratégia para explorar ao máximo todos os pontos fortes dos seus jogadores.

É exatamente isso que um gestor de marketing (ou qualquer outro) precisa saber fazer.

Conheça o seu time e explore o seu potencial

Apesar de várias empresas definirem os cargos e funções do marketing de formas diferente, eu gosto particularmente de definir uma área de marketing como sendo composta pelos seguintes membros:

  • Chief Marketing Officer (CMO): O responsável por definir toda estratégia da área de marketing, além de controlar as KPIs e OPIs, além do cronograma, gestão e daily meetings.
  • Comunicação: O responsável por comunicação deve gerenciar todos os canais de divulgação que a empresa possui, desde o blog, mídias sociais até campanhas de Adwords/AdSense.
  • Estratégia de Leads: O responsável por definir toda estratégia de captação e nutrição de leads, com foco em convertê-los para MQL.

É claro que essa é uma divisão simplificada. Quando falamos de enterprises que possuem uma estratégia de branding forte e que realmente precisam atingir vários mercados, esses papéis são ainda mais segmentados e a lógica precisa ser alterada um pouco mais.

Pensando em ser mais didático, a segmentação acima nos dá uma noção de que o marketing pode ser “dividido” e as funções atribuídas a pessoas diferentes.

No geral, as pessoas que fazem parte da área de marketing tendem a ser mais comunicativas e gostam de fazer as coisas por conta própria.

Outros pontos muito importantes são os seguintes: essas pessoas precisam ter uma boa escrita, entender muito bem de SEO, além de ser resilientes (os resultados nesse caso podem demorar a aparecer) e amarem o que fazem.

Aprenda a medir o que cada um fez e o que o grupo atingiu

Uma outra dica para gerenciar um time de marketing é saber acompanhar e medir resultados.

A época de realizar ações baseadas em feelings ficou para a história e, agora, quem não se baseia em dados está bem perdido.

Afinal, como uma pessoa pode definir se algo está dando certo ou errado e, ainda, evoluir um processo, caso ela não tenha uma forma clara de medi-lo?

Para isso, defina quais são os principais indicadores a serem acompanhados no trabalho realizado pelos diversos membros do time.

No caso de quem cuida da comunicação, por exemplo, alguns dos indicadores que devem ser acompanhados são o número de usuários únicos, visualizações de página, sessões, taxa de rejeição, alcance das mídias sociais, etc.

Quando nos voltamos para a parte de estratégia de leads, alguns dos indicadores que podem ser acompanhados são a taxa de conversão de uma landing page onde um ebook foi publicado, por exemplo, a taxa de conversão das várias entradas do site, a conversão dos leads nas várias etapas de um fluxo de nutrição e o número de oportunidades que estão sendo obtidas.

O trabalho do gestor (CMO)? Acompanhar tudo isso e ter certeza que as coisas estão andando bem!

Vale a pena lembrar aqui que acompanhar indicadores não é tudo… antes de cobrar, é preciso deixar claro o que deve ser feito e fornecer os meios para que as pessoas alcancem os resultados.

Por isso o coaching é algo tão importante!

Forneça suporte e treinamento

A não ser que um time de marketing tenha grande experiência de mercado e seja muito bem organizado, ele não se sustentará.

Portanto, em todos os outros casos, é papel do gestor acompanhar através dos indicadores e de coachings constantes como tem andado o resultado do time e fornecer os meios para que todos alcancem o seu desempenho máximo.

É preciso que esse coaching seja individual e focado na dificuldade de cada membro do time.

Um outro ponto bastante importante nesse processo é o empoderamento. Todo gestor tem uma tonelada de coisas para fazer e que são mais ou menos essenciais para a evolução do processo.

Uma das formas de fazer com que parte das atividades que não geram tanto valor seja minimizada é através do empoderamento do seu time.

Forneça suporte e treinamento

Só assim eles serão capazes de assumir a responsabilidade para fazer algumas atividades que eles já estão cansados de saber, mas que, por força do hábito, sempre buscavam você para receber uma confirmação.

Lembrando disso, no final, um cenário de ganha-ganha será construído, fazendo com que todos alcancem voos cada vez mais altos.

Seja justo e consistente

Um último ponto que vale para qualquer gestor em qualquer área é o conceito de justiça.

Nunca privilegie um ou outro membro do time por relações paralelas. Seja justo e estabeleça critérios para promoção, demissão, recompensas, etc., e siga tais critérios à risca.

Deixando de fazer isso, o time pode acabar pensando que, independentemente do trabalho que está sendo feito, um ou outro membro do time será sempre beneficiado… e isso pode acabar minando a produtividade de toda a equipe.

Você não vai querer deixar isso acontecer, não é mesmo?

Conclusão

No mais, espero que este texto possa te ajudar a entender melhor como gerenciar um time de marketing e a obter o tão sonhado crescimento de 3 dígitos anuais.

É claro que essa é apenas uma perspectiva geral e precisa ser adaptada a cada cenário, mas quando olharmos o cerne da coisa, esse é o caminho a ser seguido.

E aqui, aposto que você também tem alguma dica de gestão. Quais são os seus truques para gerenciar um time de marketing? Gostaria muito de saber mais do seu lado. Me conta mais deixando um comentário aqui embaixo, combinado? 🙂

[ebook] 10 leis de cialdini

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *