Vendas

5 dicas para criar assuntos de email de prospecção que funcionam

Vivemos em uma rotina super corrida, onde nos revezamos entre tomadas de decisões importantes, reuniões, treinamentos, ligações, negociações, pagamento de contas e muito mais.

Além disso, toda vez que abrimos nossa caixa de e-mails, temos dezenas deles esperando para serem lidos.  

A vida da grande maioria das pessoas hoje é assim, e não há muito como fugir disso.

Portanto, conquistar a atenção de alguém por apenas alguns minutos ou até mesmo segundos está se tornando uma tarefa cada vez mais difícil.  

Ao elaborar um e-mail de prospecção é de extrema importância que você não se esqueça disso:

Captar atenção é hoje um grande desafio!

Para que um e-mail chame a atenção do leitor é importante que ele tenha uma mensagem clara, objetiva e interessante. Mas antes mesmo de ter uma apresentação bacana, é fundamental que o assunto do e-mail seja atrativo.

O assunto de e-mail é o primeiro convite a conexão. Se for recusado, toda a argumentação contida no corpo do texto vai direto para o lixo antes mesmo de ser avaliada.

Portanto, se o e-mail não for aberto imediatamente, será esquecido e… GAME OVER.

Nesse post vamos dar dicas de como elaborar assuntos de emails de prospecção que irão despertar interesse em seus prospects.

1. Seja sucinto

Cuidado com assuntos longos demais. Essa é a regra mais básica, mas não menos importante.

O assunto de e-mail, como o próprio nome diz, é um campo onde deve-se colocar o motivo, o tema ou o principal conteúdo da conversa.

Por isso, não é lugar de se colocar uma pequena introdução ou conclusão sobre você ou sua empresa.

Já vi assuntos de e-mails como o a seguir:

Somos a melhor solução para sua empresa e podemos ajudá-los a solucionar problemas com o que existe de mais moderno no mercado de TI.

Sim, acredite! Esta pequena introdução era um assunto de e-mail.

Para evitar que o assunto fique extenso demais estabeleça um limite máximo de 70 caracteres e seja objetivo.

Uma boa dica aqui é utilizar uma palavra chave que desperte o interesse no seu prospect. Por exemplo, se você está enviando um email sobre otimização do site para ferramentas de busca, inclua a palavra SEO no assunto.

Aproveite para gerar valor em pouquíssimas palavras e faça valer a oportunidade de estabelecer conexão.

2. Personalize

Assim como a personalização é importante no corpo de e-mail, é possível explorá-la também no assunto.

Umas das técnicas que costumo praticar é olhar a missão e a visão da empresa e fazer algum questionamento ou afirmação em torno delas.

Por exemplo, se a missão da empresa for integrar empresas à tecnologia, um bom assunto de email seria:

A XYZ está pronta para integrar ainda mais empresas à tecnologia?

Outra forma de personalizar é definir a linguagem para cada tipo de cliente.

Observe a forma de comunicação da empresa através de seu site. Se for uma maneira mais formal de se comunicar, ousar muito pode ser arriscado.

Porém, se a empresa se comunica de maneira mais descontraída em seu site ou blog, é interessante colocar uma pitada de criatividade e ousar mais.

É possível também personalizar incluindo o nome da empresa ou do destinatário no assunto do e-mail. Chamar o cliente pelo nome faz ele se sentir único e importante.

A única ressalva aqui é tomar cuidado para não ficar semelhante aos assuntos de spam que costumam utilizar o nome do receptor, como desse spam aqui que costumo receber:

Aline, não perca o prazo da sua inscrição.

3. Faça perguntas

Confesso que gosto bastante de utilizar perguntas nos meus assuntos de e-mails de prospecção. 

Acredito que elas provocam geralmente um impacto maior e envolvem mais do que uma frase de afirmação.

Ao dar uma olhada no site da empresa que estou prospectando geralmente surgem algumas dúvidas quanto ao produto que oferecem, ou quanto valor que o produto ou serviço oferecido consegue gerar.

Quando isso acontece, uma ótima dica é aproveitar dessas dúvidas para fazer alguma pergunta no assunto do e-mail.

Essa é uma boa maneira de colocar seus prospect como centro da discussão e mostrá-lo que você se importa com a empresa dele.

Assim, você consegue deixar claro desde o começo que está ali pra entender os problemas dele e ajudar a solucioná-los. Faz sentido pra você?

4. Explore mudanças no mercado ou acontecimentos

Uma excelente estratégia de marketing é aproveitar-se de fatos de grande repercussão ou de datas comemorativas para atrair a atenção do público.

Essa tática pode também ser explorada no assunto e no corpo de um e-mail de prospecção.

Esse tipo de abordagem exige além de mais criatividade, também uma boa dose de bom senso.

Não é adequado abordagens de temas polêmicos, tais como conflitos políticos, principalmente quando você não conhece o ponto de vista do receptor.

Ao falar de futebol é preciso ter cuidado para não dar mancada. Use com bom senso e evite falar diretamente sobre times nacionais.

Explore também datas comemorativas ao longo do ano, tais como Carnaval e Natal.

Uma experiência interessante que tive foi explorar dias como o 1 de abril para utilizar assuntos mais descontraídos e os resultados foram bem legais.  

5. Desperte emoções

Não há forma melhor de se conectar com alguém do que por meio das emoções. Falei em um outro post como explorar as emoções no corpo dos e-mails de prospecção.

Ao despertar emoção em seu prospect suas chances de que ele aceite seu convite para abrir o e-mail também aumentam. Isso acontece porque você irá disparar gatilhos mentais nele, que o fazem fugir do campo racional e migrar para o campo emocional.

Desse modo, é possível explorar emoções tais como compaixão, surpresa, ganância, felicidade, medo, orgulho, altruísmo, inveja, vergonha, dentre várias outras. Veja esse exemplo:

Além desse, vou dar alguns exemplos para que fique mais claro como podemos explorar as emoções.

Para despertar emoções de inveja você pode referenciar resultados de algum concorrente, e relacionar isso a como você pode ajudá-lo. Por exemplo:

A ABC superou suas metas. E a XYZ?

É bastante interessante despertar as emoções de medo ou a vergonha no seu email de despedida.  Provocar a sensação de que ele está perdendo algo, é matador.

Às vezes o melhor jeito de chamar a atenção de alguém, é parar de dar atenção.

Bob Marley

Alguns exemplos de como gerar medo ou vergonha seriam:

Pedro, por onde você anda?

ou

O que eu fiz de errado com você, Pedro?

ou ainda

Pedro, o mercado digital não admite falhas.

O cuidado que você deve tomar é evitar que seu assunto soe “venda barata”. Por isso, fuja dos jargões e explore sua criatividade.

Espero que essas dicas possam te ajudar na hora de escrever os assuntos dos e-mails de prospecção.

A ideia aqui não é passar uma receita de sucesso, mas sim dar dicas que orientem a tornar os assuntos mais interessantes.

Não há nenhum tipo de assunto mágico que garanta que todos irão abrir seus e-mails.

O segredo é saber se adaptar ao tipo de mercado em que está vendendo e explorar bem as características que cada tipo tem.

Mas você pode garantir um envio bem sucedido automatizando seu processo com essa ferramenta:

[ebook] Guia definitivo para montar o seu time de outbound